O que é o Audience Network do Facebook?

15 Nov 2017

Você já notou que há um novo posicionamento disponível para seus anúncios no Facebook? É o Audience Network, que promete aumentar o envolvimento com suas campanhas. Vamos entender o que é e como usar esse posicionamento?

 

 

 

Se traduzirmos ao pé da letra, Audience Network quer dizer Rede de Audiência, ou Rede de Públicos. Na prática, este posicionamento exibe anúncios em locais que vão além do feed de notícias e coluna direita do Facebook e feed do Instagram.

Se este posicionamento estiver selecionado o seu anúncio pode ser exibido em um aplicativo, em um site ou em um artigo publicado em formato de Instant Articles.

 

Basicamente, tudo começa quando o proprietário de um espaço móvel faz seu cadastro na plataforma.

 

O que vai acontecer com esse usuário é que todas as vezes em que alguém clicar em um anúncio dentro do aplicativo, site ou instant article, o produtor de conteúdo recebe alguns centavos por ter disponibilizado um espaço de divulgação.

 

Então, quando nós anunciantes criamos um anúncio e selecionamos esta opção, nossa mensagem vai ser exibida nessa rede, além dos espaços tradicionais do Facebook.

 

E como o anúncio pode ser exibido?

 

Ele pode ser otimizado para um formato nativo, definido pelo produtor de conteúdo responsável pelo app ou site, pode ser exibido em tela inteira (intersticial), em formato de banner ou em formato de vídeo, dependendo do objetivo de campanha selecionado.

 

Em que campanhas posso usar essa rede?

Atualmente a audience network está disponível para os seguintes objetivos de campanha:

 

Tráfego
Conversões
Instalações do aplicativo
Vendas do catálogo de produtos
Visualizações do vídeo
Alcance
Reconhecimento da marca
Envolvimento

 

E como eu escolho onde exatamente meu anúncio será exibido?

Você não escolhe exatamente, quem faz isso por você é o Facebook, com base nos interesses e comportamentos que você determinou na segmentação. É o mesmo público quem recebe, só que ele vai ser impactado fora do Facebook.

 

Isso parece um pouco preocupante, especialmente para quem está acostumado a ter um certo controle sobre isso ao criar campanhas de Rede de Display no Google, mas ele garante que os produtores de conteúdo cadastrados estão passando por uma análise aprofundada, com o objetivo de evitar que os anúncios sejam exibidos em espaços que atuem de forma contrária às Políticas do Audience Network do Facebook.

 

Então não tem como eu me proteger?

Sim, tem. Uma das formas é criar listas de bloqueio, nas quais você pode, por exemplo, bloquear o domínio do seu maior concorrente e evitar alguma saia justa, ou definir que você não quer sua marca associada a um determinado aplicativo ou página de Facebook.

 

E você pode, ainda, selecionar a opção Excluir categorias, como: questões sociais controversas, conteúdo adulto, tragédia e conflito, sites ou apps de namoro e relacionamento e jogos de azar.

 

E o seu controle meio que acaba por aí.

 

E dá resultado?

Eu rodei vários testes com a audience network, especialmente com o objetivo de Tráfego, e o resultado é, de certa forma, interessante.

Observe que o maior número de Impressões, Alcance e Visualizações da Página de Destino veio da Audience Network. Mas vale a pena notar, também, que o engajamento dos posicionamentos com maior resultado não foi tão distante assim: 

 

Audience Network: 1,32%

Feed Desktop: 1,04%

Feed Móvel: 0,7%

 

A única coisa que notei em relação à tudo isso é que a taxa de conversão não é necessariamente maior. Nas campanhas que rodei em outubro e estou rodando em novembro a conversão ainda vem mais dos anúncios visualizados no feed desktop e móvel.

 

Mas, é claro, isso é o caso das campanhas que estou rodando para meus clientes. O que eu sugiro que você faça é testar este posicionamento em campanhas diferentes e observar o resultado. O que você precisa ter em mente é qual é o seu objetivo comercial e, a partir daí, verificar se os resultados são positivos para você. Se eles forem satisfatórios, siga em frente. Se forem ruins, opte por não usar este posicionamento por um tempo.

Você gostou deste post? Talvez você também goste de:

 

Nosso canal no YouTube

Nossa página no Facebook

Nossos cursos presenciais

Nossos cursos online

Nossos cursos na Udemy

 

Este post foi uma sugestão da Cris Paim, nossa aluna na Formação em Social Media EAD. Se você quiser propor algum tema, escreve pra cá: escola@petitmidiassociais.com.

 

 

 

 

 

Please reload

Please reload

  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon

© 2017 por Petit Mídias Sociais. Todos os direitos reservados. | Porto Alegre | Caxias do Sul | Gramado - RS | contato@petitmidiassociais.comCNPJ: 16.957.878/0001-50