Estudo de Caso: Como ajudamos a Gramado Summit a crescer 5 anos em 1

13 Sep 2018

A Gramado Summit é o maior evento de startups do Brasil e promove networking e geração de leads de qualidade para novos empreendedores, além de buscar a ampliação de projetos de jovens com ideias disruptivas e escaláveis para colaborar com a evolução econômica e social do país.

 

Quando iniciamos nossa jornada juntos, a dificuldade estava em aumentar a conversão das campanhas de Facebook e Instagram Ads. O desafio foi ajudar o cliente a alcançar as metas estabelecidas para a venda de credenciais para o evento em apenas 3 meses de campanhas.

 

No fim, fechamos a campanha com um retorno (ROI) de R$ 12 para cada R$ 1 investido, e neste estudo de caso você vai saber mais sobre o caminho percorrido para chegar lá.

 

 

 

A estratégia

Tínhamos 12 semanas para fazer o que, normalmente, faríamos em 24 semanas ou até mais. Decidimos adotar um caminho estratégico similar ao usado em grandes campanhas ¹ ² e testar múltiplas variações de segmentações e criativos de anúncios, para poder otimizar o retorno de cada Real investido.

 

Segmentação

A primeira rodada das campanhas foi dedicada a testar segmentações. Os posicionamentos usados foram: Facebook - feeds e audience network - Messenger e Instagram - feed.

 

Começamos selecionando todas as opções aparentemente viáveis em torno de interesses por startups, empreendedorismo, negócios, tecnologia e eventos nessas áreas. Os primeiros conjuntos de anúncios tinham uma segmentação com cerca de 50 características de interesses e demografias, usando também recursos de limitação e exclusão de interesses.

 

A partir daí, a cada 7 dias eram analisados os resultados por característica e aqueles com menor taxa de cliques (CTR) e maior custo por clique (CPC) eram retirados automaticamente. Este procedimento foi repetido por 4 semanas e, ao fim dele, tínhamos um grupo segmentado por alguns estados brasileiros, uma faixa etária específica e 4 interesses.

 

Retargeting

Enquanto os primeiros testes iniciavam, já havia a construção de um público para retargeting, com base em dados de Pixel instalado nos sites de destino das campanhas e recursos de criação de públicos personalizados com base em pessoas que interagiram com a página e o perfil de Instagram do evento nos 365 dias anteriores.

 

O público de retargeting foi ativado para o último mês das campanhas, e tinha como objetivo aumentar a conversão.

 

Criativo

Partindo do princípio de que pessoas diferentes têm engajamentos distintos com publicações diversas, programamos a criação de anúncios para testar diferentes formatos, imagens, textos, chamadas para ação, títulos e descrições de links.

 

No total, mais de 300 variações de anúncios foram criadas com o objetivo de otimizar as reações das pessoas ao serem impactadas por eles.

 

Além disso, foram criados conjuntos de anúncios exclusivos para posicionamentos com formatos diferentes do formato tradicional para links no Facebook, como para o feed do Instagram e para Stories de Instagram e Facebook.

 

Os aprendizados

Feitos todos os testes, alguns resultados chamaram a atenção, e servem de alerta para serem observados em todas as campanhas :

 

Para cada posicionamento, um formato

Sim, teria sido muito mais fácil criar uma imagem só e publicá-la em todos os posicionamentos de Facebook e Instagram, mas o que percebemos foi que os anúncios adaptados para o formato padrão de cada posicionamento tiveram resultados melhores.

 

 

Você já testou um novo posicionamento hoje?

Geralmente quando se pensa em gerar tráfego o melhor caminho parece ser o feed do Facebook, mas pudemos observar que as histórias do Instagram tendem a gerar um resultado melhor que o do Facebook, com um custo por clique chegando a ser 30% menor.

 

Pessoas gostam de pessoas

Um dos anúncios que rodamos tinha como foco a apresentação dos palestrantes do evento. Um dos exemplo foi um anúncio que tinha algumas variações de texto, chamadas para ação, título e descrição de link e também as seguintes variações de imagens:

 

Variação 1 - Fotos dos palestrantes, sem filtro de cor

 

Variação 2 - As mesmas fotos, mas com filtros coloridos.

 

 

O que mais chamou a atenção das pessoas? As fotos sem filtro.

Esta tendência também é observada ao se comparar anúncios sem foto (apenas com arte) com aqueles trazendo fotos de pessoas, com uma taxa de cliques (CTR) maior e um custo por clique (CPC) menor.

 

A conclusão

Uma estratégia baseada em testes e otimizações semanais pode trazer um resultado além do esperado.

Quando começamos a atender o cliente tínhamos um ROI de 3, o que não traduzia o potencial de alcance do evento. Chegar a um ROI de 12 (retorno de R$ 12 para cada R$ 1 investido) foi uma mudança expressiva que só foi possível ao adotar estratégias usadas em grandes campanhas.

Com as ferramentas certas para automação e uma boa dose de análise, mesmo as menores verbas podem trazer grandes resultados.

 

Veja um pouco mais do evento:

Quer uma campanha assim para o seu negócio?

Conheça mais do nosso trabalho de consultoria.

 

Please reload

Please reload

  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon

© 2017 por Petit Mídias Sociais. Todos os direitos reservados. | Porto Alegre | Caxias do Sul | Gramado - RS | contato@petitmidiassociais.comCNPJ: 16.957.878/0001-50